>como dizer as coisas

>

Era uma vez um rei que sonhou que havia perdido todos os dentes.
Logo que despertou, mandou chamar um de seus adivinhos para que interpretasse seu sonho.
– Que desgraça, meu rei!
Exclamou o adivinho.
– Cada dente caído representa a perda de um parente de vossa majestade.
– Mas que insolente! Gritou o rei, enfurecido.
Como te atreves a dizer-me semelhante coisa? Fora daqui!
Chamou os guardas e ordenou que lhe dessem cem chicotadas.
Mandou que trouxessem outro adivinho e lhe contou sobre o sonho.

Este, após ouvir o rei com atenção, disse-lhe:
– Grande felicidade vos está reservada, meu rei!
O sonho significa que haveis de sobreviver a todos os vossos parentes.
A fisionomia do rei iluminou-se num sorriso, e ele mandou dar cem moedas de ouro ao segundo adivinho.
E quando este saía do castelo, um dos guardas lhe disse admirado:
– Não é possível! A interpretação que você fez foi a mesma que o seu colega havia feito.
Não entendo porque ao primeiro ele pagou com cem chicotadas e a você com cem moedas de ouro.
– Lembra-te meu amigo, respondeu o adivinho, é que tudo depende da maneira de dizer.

Essa história revela que um dos grandes desafios da humanidade é aprender a arte de comunicar-se.
Da comunicação depende, muitas vezes, a felicidade ou a desgraça, a paz ou a guerra, o sucesso ou a derrota.
Que a verdade deve ser dita em qualquer situação, não resta dúvida. Mas a forma com que ela é comunicada é que tem provocado, em alguns casos, grandes problemas.
A verdade pode ser comparada a uma pedra preciosa. Se a lançarmos no rosto de alguém pode ferir, provocando dor e revolta.
Mas se a colocamos em delicada embalagem e a oferecemos com ternura, certamente será aceita com facilidade.

A embalagem, nesse caso, é a indulgência, o carinho, a compreensão e, acima de tudo, a vontade sincera de ajudar a pessoa a quem nos dirigimos.
Importante mesmo, é ter sempre em mente que o que fará diferença é a maneira de como dizer as coisas…

Washington Sorio

14 comentários

  1. Outubro 2, 2009 às 3:38 pm

    >Tem um selo “Prêmio Dardos” para você em meu blog, que dá a cada blogueiro o reconhecimento de seu valor, esforço, ajuda e transmissão de conhecimento.Beijos.

  2. Outubro 2, 2009 às 5:06 pm

    >Oi Gianete Muito obrigada pelo carinhoUm grande beijoJulimar

  3. Chris said,

    Outubro 3, 2009 às 1:05 am

    >Gostei do seu post, nessa forma de dizer as coisas…Um abraçoChris

  4. Jeanne said,

    Outubro 3, 2009 às 1:22 am

    >Este texto é muito legal mesmo, tudo tem dois ou mais ângulos de percepção, basta saber entendê-los.Beijos

  5. angela said,

    Outubro 3, 2009 às 1:40 am

    >Uma lição interessante que vale a pena não esquecer.beijos

  6. Mary said,

    Outubro 3, 2009 às 10:24 am

    >Dizem que palavras são como penas lançadas ao vento…..depois de ditas impossível recolhê-las.Esta é a importância do seu texto.Podemos realmente dizer as coisas mas com sabedoria e prudencia.bjs

  7. Outubro 3, 2009 às 12:29 pm

    >Oi Chrisobrigada pela visita, é um prazer recebe-la neste cantinho.Um grande beijoJulimar

  8. Outubro 3, 2009 às 1:51 pm

    >Oi JeanneMuitas vezes o nosso ponto de vista é a vista de um ponto. Enxergamos muitas vezes um angulo da situação e achamos ser ele o certo. Vale refletirmos !Um grande beijoJulimar

  9. Outubro 3, 2009 às 1:56 pm

    >Oi querida angelaobrigada pela sua visita, é sempre especial poder compartilhar destes momentos.Beijos Julimar

  10. Outubro 3, 2009 às 1:58 pm

    >Oi MaryQuanta situações podemos evitar na nossa maneira de falar com o outro. Gentileza gera gentileza… é assim que devemos seguirUm beijo e obrigada pela visitaJulimar

  11. Zininha said,

    Outubro 3, 2009 às 2:14 pm

    >Claro que falar é fácil…mas acertar no alvo… tem que se saber usar as palavras…Amiga, lindo texto… beijos…TEM UM SELINHO QUE FIZ PARA TODAS MINHAS AMIGAS DO BLOGSPOT… MEU PRIMEIRO MIMO, FEITO POR MIM…ELE TE ESPERA NO JARDIM DA MINHA VIDA…BEIJOS….

  12. Outubro 3, 2009 às 3:40 pm

    >Oi Zininhatô indo buscar este carinho que tem para comigo. Retribuo com todo meu afeto a esta nova amiga que encontrei aqui no blogBeijosJulimar

  13. Jorge said,

    Outubro 3, 2009 às 5:24 pm

    >Olá, Julimar,Cheguei tarde. Ia te oferecer um selo mas vc já o tem. Mas não importa, valeu a intenção.Um beijo e um excelente fim de semana!!!

  14. Outubro 4, 2009 às 10:16 am

    >Oi Jorgevaleu o carinho, será guardado da mesma forma, o importante é estarmos unidos nesta correnteUm grande abraçoJulimar


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: