>Teste de Integridade

>

Há muito tempo houve um mestre que vivia em um templo arruinado, em companhia de grande número de discípulos.
Todos sobreviviam graças às doações e esmolas recebidas dos moradores de uma cidade próxima.
Os discípulos, insatisfeitos com a situação, começaram a reclamar das péssimas condições do templo.
Um dia, o mestre chamou todos para uma reunião e propôs o seguinte: “nós devemos fazer uma reforma geral no templo, mas como nos ocupamos somente com estudos e meditações, não sobra tempo para trabalhar e arrecadar o dinheiro que precisamos.
Assim, eu pensei numa solução simples e gostaria de saber se posso contar com todos vocês.” Os discípulos ouviam com atenção enquanto o mestre lhes disse: “cada um de vocês deve ir para a cidade e roubar bens que poderão ser vendidos para a arrecadação de dinheiro.
Desta forma poderemos fazer uma boa reforma em nosso templo.”
Os estudantes ficaram espantados com a sugestão do mestre, a quem todos julgavam um verdadeiro sábio.
Mas, desde que todos tinham por ele grande respeito, não fizeram nenhum protesto.
E o mestre disse, logo a seguir, de modo bastante severo: “como estaremos cometendo atos ilegais e imorais, e não quero manchar nossa excelente reputação, solicito que só roubem quando ninguém estiver olhando. Não quero que ninguém seja apanhado em flagrante.”
Quando o mestre se afastou, os discípulos discutiram o plano.
É errado roubar, disse um deles. Por que nosso mestre nos pede para cometer este ato?
Outro respondeu em seguida: “isto permitirá que possamos reformar o nosso templo, o que é uma boa causa.”
Dessa forma, todos concordaram que o mestre era sábio e justo e deveria ter uma boa razão para fazer tal pedido.
Assim, logo partiram em direção à cidade, prometendo que fariam tudo às escondidas para não causar a desgraça do templo. Todos os estudantes foram para a cidade.
Todos, menos um.
O sábio se aproximou dele e lhe perguntou: “por que você ficou para trás?”
“Porque não posso seguir as orientações para roubar onde ninguém esteja me vendo.
” O mestre se fez de desentendido e pediu ao garoto que se explicasse melhor.
E ele disse com firmeza: “aonde quer que eu vá, eu sempre estarei olhando para mim mesmo. Meus próprios olhos irão me ver roubando e minha consciência registrará o fato.”
O sábio mestre abraçou o menino com um sorriso de alegria e disse: “eu só estava testando a integridade dos meus estudantes, e você foi o único que passou no teste.”
Após muitos anos aquele garoto se tornou um grande mestre.
Sem dúvida nenhuma quando uma pessoa é íntegra tem, acima de tudo, responsabilidade com a própria consciência. A verdadeira integridade jamais se submete, por saber que os fins não justificam os meios, como ocorreu com o lendário Robin Hood, que roubava dos ricos e dava aos pobres.
Ademais, não há nada que possa justificar ao íntegro, a perda da sua integridade, da sua dignidade, da sua honradez.
O homem digno sabe que mesmo que possa fazer algo ilícito, no mais completo anonimato, sempre há alguém a observar: Deus. O Onipresente e Onisciente.
Pense nisso!
Paulo, o grande apóstolo de Jesus, compreendia bem o que significa um homem honrado ao dizer: “tudo me é lícito, mas nem tudo me convém”. Pensemos nisso.

4 comentários

  1. Setembro 8, 2010 às 3:38 pm

    >Ju, querida…Estive de cama por mais de 3 semanas e somente hoje volto realmente a minhas atividades.Venho a deixar-te beijos, flores e muitos sorrisos!

  2. Jorge said,

    Setembro 8, 2010 às 4:31 pm

    >Juli,a integridade é sempre pessoal. Conquista da própria consciência, ela é o nosso vigia.Belo conto, ANjo!!!Um beijo!!!

  3. Setembro 8, 2010 às 8:45 pm

    >Olá, queridaA consciência reta é o que nos deixa vivermos com serenidade em qualquer circunstânca.Que bela parábola nos trouxe hoje. Obrigada.Abraços fraternos com votos de paz interior.

  4. Setembro 8, 2010 às 9:14 pm

    >Muita sabedoria, beijos, namastê.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: